Pular para o conteúdo principal

O que é um computador?

O computador é um dispositivo capaz de realizar cálculos e tomar decisões lógicas a velocidades de milhões, até bilhões, de vezes mais rápidas que seres humanos. Por exemplo, uma pessoa que opera uma calculadora de mesa talvez leve a vida inteira para completar as centenas de milhões de cálculos que um computador pode realizar em segundos. Os computadores processam dados sob o comando de conjuntos de instruções denominados programas de computador. Os programas guiam o computador por conjuntos ordenados de ações específicas por pessoas denominadas programadores de computador.

Os vários dispositivos, como teclado, monitor, discos (HD) e unidades de processamento, que abrange um sistema de computador são conhecidos como hardware. Independentemente das diferenças na aparência física, praticamente todos os computadores podem ser imaginados como se fossem divididos em seis partes ou unidades lógicas. São as seguintes:

  1. Unidade de entrada. É a parte "repectora" do computador. Obtém as informações (dados e programas de computador) de vários dispositivos de entrada e torna as informações disponíveis para outras unidades para que possam ser processadas. A maioria das informações é inserida pelo Teclado, Mouse, CDs, DVDs e Pen drives.
  2. Unidade de saída. É a parte de "distribuição" do computador. Ela obtém as informações processadas pelo computador e as envia para vários dispositivos de saída a fim de disponibilizar as informações para utilização fora do computador. A saída dessas informações é exibida na tela do monitor, impressas em papel, reproduzida em altos - falantes de dispositivos de áudio e de vídeo, registrada magneticamente em discos e utilizada para controlar outro dispositivo.
  3. Unidade de memória. É a parte de "armazenamento" de acesso rápido, de capacidade relativamente baixa do computador. Ela retém as informações inseridas pela unidade de entrada, de modo que as informações possam se tornar disponíveis para o processamento. A unidade de memória também retém as informações que já foram processadas até que as informações possam ser colocadas em dispositivos de saída. A unidade de memória é freqüentemente chamada de memória, memória principal, armazenamento primário ou memória de acesso aleatório (random access memory - RAM).

    Tipos de memória:

    ROM - Read Only Memory ou Memória Somente de Leitura, jávem gravada do fabricante e não pode ser alterada, é uma memória não volátil, poisnão se perde o conteúdo quando se desliga o equipamento.

    RAM - Random Acess Memory ou Memória de Acesso Randômico ou Aleatório, memória volátil ou de rascunho, pois seu conteúdo se perde quando cessa a energia,e sua maior parte serve para armazenar informações do usuário.

    Memória Auxiliar ou Memória de Massa:

    São meios de armazenamento não voláteis,ilimitados, têm velocidade de acesso bem menor que as da memória residente. Amemória de massa também faz papel de dispositivo de entrada e saída. Eles podemser: Disquetes: também conhecidos como floppy disk ou disco flexível, serve paratransferir a informação de um computador para outro, costumam-se utilizar discosmagnéticos de pequeno porte que são colocados e retirados do computador. Elessão utilizados também para fazer cópias de segurança que são guardados fora docomputador. Ele é dividido em trilhas e setores. Disco Rígido: também conhecido como hard disk ou winchester, é um discometálico recoberto com uma camada de material em ferro magnético. Sendodividido em trilhas, setores e cilindros, que facilitam a localização dos dados nodisco. Os discos rígidos têm capacidades extremamente maiores do que osdisquetes.

  4. Unidade Lógica Aritmética (arithmetic and logic unit – a ALU) A ALU é o dispositivo da UCP que executa cálculos matemáticos.
  5. Unidade central de processamento (central procenssing unit – CPU). É a parte "administrativa" do computador. A CPU atua como coordenadora do computador e é responsável por supervisionar a operação de outras seções. A CPU informa à unidade de entrada quando as informações na unidade de memória devem ser lidas, diz à ALU quando as informações da unidade da unidade de memória devem ser utilizadas em cálculos e instrui a unidade de saída a enviar informações para os dispositivos de saída.
  6. Unidade de armazenamento secundário. É a parte de "armazenamento" em longo prazo e alta capacidade do computador. Os programas ou dados que não estão sendo utilizados por outras unidades normalmente são colocados em dispositivos de armazenamento secundários (como discos) até que sejam necessários. Os acessos a dados em dispositivos de armazenamento secundário são mais lentos que a unidade de memória principal.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O que é c++

Neste post vamos falar sobre uma linguagem de programação que é base para outras linguagens ex: Java e C#, pois a sintaxe é muito parecida. Vou contar como surgiu esta linguagem. Seu primeiro nome foi "C com classes". A razão de a linguagem C se chamar C é porque ela foi sucessora de uma linguagem que se chamava B, que foi desenvolvida por Ken Thompson em 1970 e que rodava em um DEC PDP-7, um computador muito menos potente do que um PC moderno.      Em 1972 Dennis Ritchie e Ken Thompson criaram a Linguagem C para aumentar o poder do B. Depois de certa ocasião, os programas em C ficavam cada vez maiores e algumas pessoas começaram a achar que as construções de programação padrão simplesmente não estavam à altura da tarefa. Uma solução seria tornar os programas mais modulares, através do uso de funções. No entanto algumas funções acabavam precisando compartilhar dados, outras precisavam coordenar seu trabalho com outras e, de novo, era possível acabar precisando ter de guarda…

Conceitos Básicos

Modelagem de dados Definição de modelo Para que possamos falar em modelagem de dados, no significado mais amplo do termo, temos de ter claro o que representa cada um dos dados envolvidos nesse processo. Assim, vamos inicialmente procurar a fundo o conceito de modelo. Parece vulgar, a todos nós, o que é um modelo, mas por hora, vamos esquecer o exterior puramente informático ao qual estamos presos e descobrir outras possibilidades convenientes. A seguir, temos uma definição, entre as várias prováveis, que individualmente parece bastante aplicável a grande parte dos casos que iremos emoldurar. Modelo é a representação abstrata e simplificada de um sistema real, com a qual se pode explicar ou testar o seu comportamento, em seu todo ou em parte. Para validar essa definição, vamos partir de um caso bastante conhecido de todos nós. Consulte seu jornal de domingo, qualquer que seja. Olhe para um anúncio que tenha uma foto da maquete de um apartamento, ou para o desenho de uma pla…

Melhorando o desempenho do sistema operacional

Boa galera, passados os anos, procurando sempre melhorar o desempenho do XP descobri macetes que apresentaram um bom resultado, pois testei e aprovei em maquinas de clientes e na minha própria máquina. Os resultados me foram bastante satisfatório e gostaria de compartilhar com todos. Bem vamos ao que interessa, pois temos muita pressa em iniciar nosso sistema operacional. PARA USUÁRIO NÃO AVANÇADO, RECOMENDO MUITO CUIDADO AO FAZER ESSES AJUSTES. OBS: Crie um ponto de restauração antes de fazer as mudanças no registro. Ativando o "Large System Cache" Iniciar>Executar/ digite: regedit e clique em ok. Navegue até a chave: HKEY_LOCAL_MACHINE\System\CurrentControlSet\Control\SessionManager\MemoryManagement. No lado direito Dê um duplo clique em LargeSystemCache e altere o valor da variável para 1 . Feche o regedit e reinicie. Configurando a CPU para uso de programas e serviços em background Iniciar>Executar/ digite: regedit e clique em ok. Navegue até a chave: HKEY_LOCAL_MAC…